Aumentando a sensação de espaço em um apartamento pequeno

Ganhe amplitude num apartamento mesmo que pequeno, com algumas medidas simples que otimizam os ambientes e transmitem a sensação de mais espaço

Uma fase deliciosa da vida é aquela onde procuramos um novo apartamento ou casa para morar. Quando nos tornamos independentes ou decidimos sair de casa dos pais para viver a vida livres. Ou, escolhemos um parceiro, parceira ou um amigo para viver a vida a dois ou mais. Nessa fase, o orçamento é quase sempre menor e a gente começa por um ambiente pequeno, um estúdio, quitinete ou apartamento pequeno de um ou dois cômodos. Escolhas mais econômicas para esse momento de vida.

Se você está em busca de um imóvel novo, provavelmente você já passou pela experiência de visitar um lançamento imobiliário, seja para comprar, pesquisar ou simplesmente por curiosidade. As incorporadoras sempre tentam capturar a nossa atenção para conhecermos o tal apartamento decorado e, fatalmente, nos encantarmos com os milagres que eles conseguem operar naqueles pequeninos espaços. Parece mágica a forma como combinam revestimento, decoração e mobiliário de maneira tão harmônica que mesmo um apê de poucos metros quadrados tem a sensação de um ambiente muito maior!

E aí, quando chega a sua vez de colocar tudo em prática, nem sempre parece uma tarefa simples, não é mesmo? Pensando nisso, separamos algumas dicas criativas para você se inspirar em seu ambiente e eliminar o fantasma do “apartamento pequeno.

  1. Edição: pequenos espaços têm tudo a ver com edição. Quanto mais peças, cores ou padrões em um ambiente, maior será a sensação de desordem. Faça um esforço consciente e foque no que é essencial para aquele cômodo, evitando excessos e dedicando uma parede apenas para ousar um pouco mais, por exemplo, com um padrão diferente das demais ou com obras de arte.
  2. Proporção: priorize móveis que sejam proporcionais ao tamanho dos ambientes – se a sala é pequena, o sofá deve seguir o mesmo conceito, evitando a sensação será de que algo está fora do lugar. Para complementar, deixe espaços entre as laterais dos móveis e as paredes.
  3. Cores: provavelmente você já tenha ouvido falar sobre paredes claras para dar a sensação de amplitude ao espaço. Isso é verdade, mas sabia cores escuras também podem ser uma grande aliada? Tons como azul índigo ou cinza carvão, por exemplo, fazem com que os objetos pareçam estar mais distantes do que realmente estão.
  4. Iluminação: já reparou como locais escuros parecem mais claustrofóbicos? Investir em iluminação é uma ótima pedida para ambientes pequenos e pelo menos duas fontes de luz são importantes para deixar os cômodos mais claros. Para os quartos, uma ótima pedida para economizar ainda mais espaço é trocar os abajures de cabeceira por arandelas de parede.
  5. Espelhos: instalar espelhos na parede é a pedida certa para multiplicar a sensação de amplitude de um ambiente. Só que antes de sair instalando espelho pela casa, é importante pensar o que realmente se deseja destacar e escolher cuidadosamente os pontos para que não se tornem uma distração.
  6. Atente-se ao piso: o tipo adequado de piso pode mudar a percepção de tamanho de um ambiente. Escolher um mesmo padrão para diferentes cômodos é uma forma de criar um efeito contínuo e dar a sensação de amplitude. Outro ponto essencial é a forma como as peças são instaladas, que pode ajudar a fazer uma sala parecer maior. A Duratex tem opções de pisos para todos os ambientes da casa: cerâmicos, laminados e vinílicos. Basta escolher aquele que mais combina com o seu estilo!

E lembre-se: um ambiente pequeno não deve ser visto como algo necessariamente ruim. Há menos espaço para limpar e dar manutenção, é mais fácil e barato de decorar e, com as escolhas certas, torna-se aconchegante e confortável.

Imagem destacada, fonte Viva Decora, Luciana Mota Projetos.

Inscreva-se na nossa newsletter e receba atualizações de novos conteúdos!